Rodoviários paralisam atividades por morte de cobrador

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Foto: Divulgação/Sindmetro

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Foto: Divulgação/Sindmetro
Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Foto: Divulgação/Sindmetro/G1.

Os rodoviários da Região Metropolitana de Salvador (RMS) devem parar as atividades na manhã desta quarta-feira (3) em protesto contra a morte do cobrador Djanilson Miranda dos Reis. Funcionário da empresa Costa Verde, o cobrador foi morto a golpes de faca no pescoço durante uma tentativa de assalto na noite desta terça-feira (2), em frente ao Maxxi Supermercado, em Lauro de Freitas, enquanto trabalhava. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiu. Os rodoviários devem se reunir em frente ao local do crime para protestar.