Saúde Sem Fronteiras leva serviços à população de Juazeiro

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Facilitar o acesso da população, em especial, a mais carente, a serviços de saúde considerados essenciais é o objetivo do programa estadual Saúde Sem Fronteiras, desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que desde terça-feira (17) começou as atividades no pátio da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro, na região norte do estado. No caminhão equipado com aparelhos de última geração, além de profilaxia, obturação e extração, sete dentistas do Odontomóvel são responsáveis por realizar pequenas cirurgias, entre outros procedimentos gratuitos.

Nesta quarta-feira (18), foi a vez de iniciarem as consultas oftalmológicas para a realização de cirurgias de catarata em homens e mulheres acima de 60 anos. A partir desta quinta (19), a população feminina de 50 a 69 anos, residente em Juazeiro e outros nove municípios da região, também terá acesso exames de mamografia. Para quem tiver em condições de doar sangue, o Hemóvel também participa da ação, por meio da coleta de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea.

Cronograma de atendimento

O Odontomóvel realiza os atendimentos até sábado (21). As mamografias serão disponibilizadas entre 19 e 24 deste mês. Quanto aos atendimentos oftalmológicos, as consultas acontecem desta quinta a domingo (18 a 22), as cirurgias, de quinta a próxima terça-feira (24), e as avaliações pós-operatórias, de 20 a 25.

A expectativa da Sesab é que sejam realizados 960 procedimentos odontológicos, 1,4 mil mamografias, cinco mil consultas oftalmológicas e 1,5 mil cirurgias de catarata. Além de Juazeiro, são aguardados pacientes de Canudos, Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaça, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho, Uauá, além de alunos do programa Todos pela Alfabetização (Topa) desses municípios.

De acordo com a coordenadora de monitoramento dos projetos estratégicos da Sesab, Bárbara Lorena Plácida, para receber o atendimento é necessário que os interessados procurem as secretarias municipais de Saúde e compareçam à Univasf, portando um documento pessoal e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). “Nossas demandas são referenciadas. Não trabalhamos com demanda espontânea. É importante frisar que as secretarias municipais estão oferecendo o transporte. Portanto, o paciente é diretamente encaminhado por estas secretarias ao atendimento em Juazeiro”.