Senado aprova reajuste do mínimo também para aposentados

1

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O Senado aprovou, na noite desta quarta-feira (8), a Medida Provisória (MP) que prorroga até 2019 o atual modelo de reajuste do salário mínimo e amplia o regulamento para os aposentados. Aprovada anteriormente pela Câmara, a matéria segue agora para sanção presidencial.

Pela regra, o mecanismo de atualização do salário mínimo continuará a ser calculado com a correção da inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, somada a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores. A votação no Senado foi marcada por diversas tentativas de governistas para impedir a aprovação da matéria com o trecho que contraria o governo, o qual alega que a ampliação da norma pode comprometer as contas previdenciárias.

Segundo o G1, o ministro da Previdência, Carlos Gabas, afirma que a alteração gera R$ 9,2 bilhões em gastos extras por ano – sendo R$ 4,6 bilhões em 2015. A MP foi editada em março deste ano pela presidente Dilma Rousseff, mas sem a extensão do rejuste para aposentados, o que foi incluído na Câmara através de emenda.

Com informações e imagem de capa do G1.