Servidores da Justiça Eleitoral suspendem atividades

Sede do TRE-BA em Salvador. Foto: Mila Cordeiro.
Sede do TRE-BA em Salvador. Foto: Mila Cordeiro.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Sede do TRE-BA em Salvador. Foto: Mila Cordeiro.
Sede do TRE-BA em Salvador. Foto: Mila Cordeiro.

Os funcionários do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) interrompem as atividades nesta terça-feira (18). É a segunda vez que os servidores do órgão se mobilizam pela derrubada do veto presidencial ao projeto de lei da Câmara dos Deputados, que trata da recomposição salarial dos trabalhadores do Judiciário Federal. Eles também pararam no dia 15 de julho.

A secretaria do TRE-BA, os cartórios eleitorais da capital e do interior, além dos postos de atendimento no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SACs), não funcionarão. Em todo o país, servidores estão mobilizados pela derrubada, pelo Congresso Nacional, do veto feito ao projeto.

De acordo com informações do TRE-BA, a proposição tramita desde 2009 e foi aprovada por unanimidade no Senado Federal. No dia 21 de julho, a proposta foi vetada pela presidência da República. O projeto determina recomposição salarial em torno de 56%, com pagamento escalonado em parcelas semestrais, pelos próximos três anos. Os salários dos servidores estão sem reajuste desde 2006.

Com informações do G1.