Sessões da Câmara de Vereadores acontecerão no teatro do Amélio Amorim até fim das obras

Foto: Anderson Dias
Foto: Anderson Dias

Aconteceu na manhã desta terça-feira (06) a primeira sessão ordinária da Câmara de Vereadores, realizada no Centro de Cultura Melhor Amorim, devido às obras na sede que ainda não foram concluídas. Vale destacar que não foi estabelecido um prazo determinado para a conclusão da obra, conforme informado pela presidência da casa, Eremita Mota.

Segundo a vereadora e presidente da Câmara, as chuvas também contribuíram para o atraso nas obras. “Não foi definido um prazo específico, e as condições climáticas, como as chuvas, dificultaram o andamento da construção. “Uma obra sempre apresenta imprevistos. Estamos trabalhando para resolver isso e acreditamos que, se tudo correr conforme o planejado, estaremos de volta ao local uma semana após o carnaval. Caso contrário, continuaremos os esforços até a conclusão.”

A vereadora abordou a decisão monocrática do desembargador em relação à sessão realizada pela maioria da mesa da casa. Ela esclareceu que a decisão foi tomada por um conselheiro específico e não reflete a opinião unânime do Tribunal de Contas. A questão sobre as sessões na Câmara será decidida pelo Tribunal de Contas, conforme preliminarmente decidido por vários conselheiros.

Ao ser questionada se a decisão monocrática é revogável, a vereadora esclareceu que se trata de uma posição individual e que a decisão final será tomada pelo TCM. “A reunião foi documentada, e a Câmara forneceu todas as informações necessárias para a apreciação da justiça. Aguardamos a resposta do tribunal, e a câmara está comprometida em agir dentro da legalidade, esperando o veredicto do TCM sobre as questões judicializadas.”

Com informações: Elias Lúcio

Por: Mayara Silva

 

Outras Notícias