Cobrança por estacionamento depende de acordo

NETO4975 - SÃO PAULO - 27/08/2010/ ESTACIONAMENTO / SHOPPING MORUMBI / METROPOLE / CIDADES / OE / Novo sistema de indicação de vagas livres no estacionamento do Shopping Morumbi , zona sul da capital. FOTO ERNESTO RODRIGUES/AE.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Representantes dos shoppings centers se comprometeram a não iniciar a cobrança pelo estacionamento até que haja acordo com a prefeitura. O compromisso foi firmado em reunião realizada entre os gestores dos centros de compras e o secretário Municipal de Urbanismo (Sucom), Sílvio Pinheiro, na sede da pasta nesta quinta-feira (11).

Os dirigentes não aceitaram a proposta do município para a liberação do Termo de Viabilidade de Localização (TVL) para a cobrança. Eles rejeitaram a proposta da prefeitura, de carência de 40 minutos, e querem liberar apenas 15 minutos. Também não houve consenso sobre a renúncia dos valores das multas fixadas pela Justiça contra o município desde o começo do ano passado.

Os representantes aceitaram outras reivindicações da prefeitura: instalação de segurança eletrônica, manutenção de segurança presencial e autorização para a Transalvador fiscalizar vagas para gestantes, idosos e pessoas com deficiência. Outra proposta do município para liberar o TVL, e que ficou de ser estudada pelos dirigentes, é uma contrapartida para a realização de obras.

Com informações do jornal A Tarde.

Foto de capa: Ernesto Rodrigues/AE.