Skate: Kelvin Hoefler ganha primeira medalha do Brasil nos Jogos de Tóquio

750_kelvin-hoefler_20217258389772

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Na estreia do skate na história dos Jogos Olímpicos, Kelvin Hoefler conquistou hoje (25) a primeira medalha do Brasil em Tóquio-2020, ao ficar com a prata na modalidade street, prova que foi vencida pelo japonês Yuto Horigome. O atleta da casa, de 22 anos e campeão mundial em junho em Roma, acumulou 37,18 pontos na final disputada no Ariake Urban Sports Centre. Hoefler, paulista de 27 anos, somou 36,15. A medalha de bronze foi conquistada pelo americano Jagger Eaton, de 20 anos, com 35,35.

O Brasil, uma das potências do skate, tinha mais dois representantes na prova, mas Felipe Gustavo e Giovanni Vianna não conseguiram avançar para a final, disputada pelos oito melhores skatistas da primeira fase.

“É um sentimento incrível, não posso explicar este momento. Esta medalha significa muito para todos os skatistas do Brasil”, declarou Hoefler após a prova. “O mais gratificante foi representar meu país, o Brasil. Foi a primeira vez que aconteceu oficialmente e conseguiu uma medalha”, celebrou.

O brasileiro explicou ainda que sua última e espetacular manobra era o trunfo reservado para chegar ao pódio. “O que mais treinei o tempo todo, por três anos seguidos, foi esta manobra. De dia, de noite, com chuva, tudo”, disse. “Não foi sorte, foi muito treinamento e aconteceu na última tentativa”.

 

*Globo Esporte