Surto de Meningite C suspende aulas no sul da Bahia

Meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Imagem: radiosolaris.com.br.
Meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Imagem: radiosolaris.com.br.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O prefeito do município de Presidente Tancredo Neves – Região Sul Baiana – suspendeu por uma semana as aulas em todas as escolas municipais da cidade, após a suspeita de surto de meningite C. O decreto ordena a suspensão a partir de hoje (6) até 13 de julho também recomenda o fechamento das escolas particulares. Segundo o documento, publicado ontem (5), foram três casos confirmados em laboratório nos últimos oito dias na cidade e duas mortes. O prefeito Valdemir de Jesus Mota (PV) diz, no decreto, leva em consideração que, “no momento atual em nosso município, estamos diante de uma suspeita de surto de meningite meningogócica do tipo C” e, ainda, que “a época atual corresponde ao período de chuvas na região do município, o que impõe a manutenção de portas e janelas das escolas constantemente fechadas, o mesmo ocorrendo com o transporte escolar público”.

O decreto, leva em consideração que, "no momento atual em nosso município, estamos diante de uma suspeita de surto de meningite meningogócica do tipo C (Imagem Ilustrativa)
O decreto, leva em consideração que, “no momento atual em nosso município, estamos diante de uma suspeita de surto de meningite meningogócica do tipo C (Imagem Ilustrativa)

Como a doença tem um alto grau de contágio em ambientes fechados e com grande aglomeração de pessoas – como é o caso das escolas, o prefeito decidiu seguir a recomendação da Secretaria Municipal de Saúde de orientar os órgãos públicos e privados que evitem aglomerações em ambientes fechados. “Fica estabelecido o fechamento das escolas públicas da rede municipal de ensino no período de 6 de julho de 2016 a 13 de julho de 2016, prazo este suficiente para avaliação do avanço da doença citada nos considerandos acima”, diz o decreto 50/2016.

Escolas particulares da cidade também decidiram suspender as aulas no mesmo período. Pais de alunos do Centro Educacional Favo de Mel, que trabalha com Educação Infantil, receberam o comunicado. A diretora e proprietária do Centro Educacional Favo de Mel, professora Maria José, conhecida como Pró Mariquinha, disse que dois moradores da cidade morreram por conta da doença aqui em Salvador. As duas pessoas tinham entre 20 e 30 anos, de acordo com ela.

No site da Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde do Estado da Bahia (Suvisa), o último boletim epidemiológico da meningite é do primeiro quadrimestre de 2015. Até a 12ª semana epidemiológica (28 de março de 2015), a Bahia havia confirmado 96 casos de meningites e seis óbitos – uma letalidade de 6,3%. Os casos tinham sido registrados nas cidades de Aporá (Nordeste baiano), Conceição da Feira (Centro-Norte), Simões Filho (Região Metropolitana de Salvador), Salvador, Cairu (Sul), Ilhéus (Sul), Belo Campo (Centro-Sul), Cordeiros (Centro-Sul), Ibicoara (Centro-Sul) e Piatã (Centro-Sul).