Suspeita de dengue descartada em duas mortes após investigação em Feira de Santana

14032024162953

Em Feira de Santana, dois óbitos por suspeita de dengue foram descartados após investigação da Câmara Técnica de Análise de Óbitos do estado. Os pacientes faleceram no mês de fevereiro e os casos estavam em análise por apresentar quadro clínico epidemiológico semelhante a infecção.

Com o laudo negativo para a doença, Feira de Santana registra um óbito confirmado por dengue e mais três estão sendo apurados. A conclusão das investigações depende de resultados positivos em amostras de exames laboratoriais específicos analisados pelo LACEN. Em alguns casos, são feitos exames de outras doenças como meningite, Covid-19 e arboviroses, incluindo, chikungunya e zika vírus.

Até essa quarta-feira (13), o município contabilizava 598 casos de dengue, sendo 105 com sinais de alarme e três graves. A recomendação da Vigilância Epidemiológica é que o morador procure a unidade de saúde mais próxima ao notar sintomas, como febre alta maior que 38°C, dor no corpo e articulações, dor atrás dos olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

Nos casos graves, em que nota-se uma piora da doença, apresentando dor na barriga intensa e contínua, vômitos persistentes, queda de pressão, sensação de desmaio, aumento do fígado e sangramento das mucosas como boca, olhos e partes íntimas, o paciente deve procurar imediatamente as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou as policlínicas municipais.

Outras Notícias