Suspeito de chefiar tráfico em Feira de Santana é preso em Jequié; ele contou à polícia que tentava fugir para SP

52301e99-ab95-487d-81ea-8603db6c4d3d

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Um homem suspeito de chefiar o tráfico de drogas na região de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador, foi preso na noite de segunda-feira (24), na BR-116, trecho de Jequié, no sudoeste da Bahia. Um comparsa também foi preso na ação.

Durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o suspeito entregou documento falso e depois confessou que teria arrancado tornozeleira eletrônica e tentava fugir para São Paulo. Segundo a PRF, por volta de 21h30, policiais realizavam fiscalização na frente da Unidade Operacional da corporação, no Km-677 da BR-116, quando abordaram um carro com dois ocupantes.

A equipe então solicitou os documentos da dupla, para uma consulta detalhada nos sistemas informatizados da polícia, e perceberam um nervosismo incomum por parte deles. Ainda de acordo com a PRF, o passageiro, na tentativa de enganar os policiais entregou uma carteira de identidade falsa, que trazia a foto dele, porém com o nome do irmão.

Após alguns minutos de entrevista, o homem de 47 anos confessou que usava a documentação falsa, na tentativa de escapar de fiscalizações da polícia. Relatou que cumpriu um tempo de reclusão no presídio e recebeu o benefício de saída, condicionada ao uso obrigatório da tornozeleira eletrônica, mas, resolveu arrancar o equipamento e fugir para São Paulo.

A PRF destacou que, conforme investigação policial, o homem é considerado de alta periculosidade, com várias passagens por crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico e roubo. Diante dos fatos, o motorista e o passageiro foram presos em flagrante e encaminhados com todo material apreendido para a delegacia local. (G1)