Suspensas visitas sociais e religiosas no Conjunto Penal de Feira de Santana para conter casos de covid e influenza

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A Secretaria sw Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), enviou ofício nesta quarta-feira (26)para o diretor do Conjunto Penal de Feira de Santana, Major PM Allan Silva Araújo, determinando a suspensão das visitas sociais e religiosas na unidade prisional.

De acordo com a Superintendência de Gestão Prisional, a equipe de saúde do presídio constatou um aumento significativo de sintomáticos respiratórios para covid-19 e influenza, entre o corpo de servidores, e colaboradores.

O documento informa que diante da situação, o Núcleo de Coordenação e Controle Operacional, balizado pelo aumento dos casos confirmados para covid-19 e influenza, resolveu SUSPENDER TEMPORARIAMENTE as visitas no Conjunto Penal de Feira de Santana, para resguardar o corpo de servidores penitenciários, colaboradores e a população carcerária, até que a situação seja estabilizada.

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho e imagem ilustração/reprodução.