Testes rápidos de HIV serão feitos na Parada Gay

Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus HIV. Foto: Evandro Veiga/Arquivo Correio
Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus HIV. Foto: Evandro Veiga/Arquivo Correio

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus HIV. Foto: Reprodução/Guia Gay Salvador
Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus HIV. Foto: Reprodução/Guia Gay Salvador

A Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS), através da Coordenação Municipal de DST/Aids, realiza neste domingo (13), durante a 14ª edição da Parada Gay, o Projeto Fique Sabendo, que incentiva a realização de testes rápidos para detecção do HIV. O posto de coleta funcionará ao lado do Teatro Castro Alves, das 8h às 17h, e o resultado do exame sai em até 30 minutos.

Agentes comunitários da saúde também distribuirão materiais educativos e camisinhas, além de alertarem para o diagnóstico precoce, que pode colaborar com a interrupção da cadeia de transmissão da doença. Os usuários com sorologia positiva contarão com o apoio e orientação dos aconselhadores, e serão encaminhados para uma das unidades de referência da rede municipal, onde receberão o suporte necessário para o tratamento, inclusive, com a dispensação dos medicamentos retrovirais.

Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus. Para enfrentamento da Aids, a SMS ampliou o número de unidades de saúde que realizam o teste rápido para detecção do HIV: eram 33 no início de 2013, passando para 107 unidades em setembro de 2015. Além disso, capacitou mais de 260 profissionais entre médicos e enfermeiros da atenção básica para a realização desses exames.