TSE rejeita parcialmente contas de 2009 do PT

Foto: reprodução

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O Partido dos Trabalhadores (PT) teve suas contas de 2009 reprovadas parcialmente e foi condenado a pagar uma multa de 4,9 milhões de reais, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Devido as irregularidades, o partido ficará três meses sem receber as conta do fundo partidário. O TSE tomou a decisão alegando que houve uso irregular do fundo partidário para quitar empréstimo simulado no escândalo do mensalão. O relator do caso foi o ministro Admar Gonzaga.

Foto: reprodução
Foto: reprodução