Vereador denuncia prefeita de Santo Amaro por contratos de mais de R$ 1 milhão em consultoria jurídica

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O vereador Nelson Coelho (Nelson da Ouro do Mar, PSDB) utilizou o plenário da Câmara para denunciar um contrato milionário firmado pela Prefeitura de Santo Amaro com empresas de consultoria jurídica de diferentes áreas. A denúncia foi feita na noite desta segunda-feira (3), durante sessão.

Os contratos firmados pela prefeita Alessandra Gomes (PSD) somam, na totalidade, o montante de R$ 1.000.024 com várias empresas. Segundo o vereador, as empresas atuam nas áreas de assessoria previdenciária, licitações públicas, planejamento administrativo e engenharia de diagnóstico.

 

O maior contrato denunciado pelo vereador Nelson da Ouro do Mar é com o escritório Ruyberg Valença & Advogados Associados. O valor do contrato é de R$ 216 mil, com prazo de duração de 12 meses. O site Olá Bahia recebeu a documentação do vereador com a relação de contratos da Prefeitura.

DESAFIO

Durante a sessão na Câmara, o vereador aproveitou para fazer um desafio a prefeita de Santo Amaro, Alessandra Gomes. “Tenho certeza e convicção que o governo passado não tinha nenhum contrato, com valor desse montante, em consultoria jurídica”, desafiou.

O vereador também aproveitou o discurso para fazer uma conta de quanto a Prefeitura vai gastar somente este ano com os contratos de assessoria jurídica. “Se fizermos uma conta rápida, O município de Santo Amaro vai ser lesado em mais de R$ 14 milhões somente este ano para pagar advogados”, denunciou.

Nelson da Ouro do Mar disse, ainda, que esses contratos inviabilizam novos investimentos no Município. “O que a prefeita Alessandra Gomes responde para precisar pagar tanto a assessoria jurídica? É isso que quero entender! São mais de R$ 14 milhões que deixam ser investidos na educação, na saúde de Santo Amaro”, reclamou.

O site Olá Bahia não conseguiu contato com a prefeita de Santo Amaro, Alessandra Gomes, para comentar a denúncia.