Vitória derrota Santa Cruz no Barradão

(Foto: Reprodução / Globo Esporte)
(Foto: Reprodução / Globo Esporte)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
(Foto: Reprodução / Globo Esporte)
(Foto: Reprodução / Globo Esporte)

O Vitória derrotou o Santa Cruz por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (14) no Barradão e mantém a liderança da Série B com 37 pontos – pode ser ultrapassado nessa rodada pelo América-MG, caso o time mineiro goleie o Botafogo. Escudero, de pênalti, e Elton marcaram os gols do Leão, em um início de jogo arrasador. O Santa Cruz diminuiu no segundo tempo, mas não conseguiu correr atrás do empate. Agora, o Leão começa o retorna visitando o Sampaio Côrrea no sábado (22). Já o Santa Cruz recebe o Macaé na sexta (21).

Com a força da torcida, o Vitória começou atropelando. Com apenas 5 minutos de jogo, Escudero abriu o placar cobrando pênalti sofrido por Rhayner. O jogador rubro-negro foi derrubado na área por um carrinho de Neris. Na cobrança Escudero mandou no cantinho direito e o goleiro Tiago Cardoso se esticou, mas não conseguiu chegar. Dois minutos depois, o placar foi ampliado. Depois de cruzamento pela direita, Elton subiu e cabeceou no cantinho do gol do Santa Cruz – o goleiro Tiago Cardoso nem se mexeu. Dois a zero e festa no caldeirão rubro-negro.

Com domínio no jogo, a torcida do Leão já gritava “olé” ainda no primeiro tempo. O único susto veio aos 34 minutos. Lelê recebeu bom passe em lance de contra-ataque rápido, viu a saída de Gatito do gol e tentou mandar de cobertura, no que seria um golaço, mas acabou mandando para fora.

No segundo tempo, o jogo ficou mais perigoso. Com 10 minutos, Luisinho cabeceou dentro da área e diminuiu para o Santa Cruz. O Leão tentou responder rápido. Em cobrança de falta, Escudero mandou no canto, Tiago Cardoso conseguiu desviar e a bola bateu na trave. Diogo Mateus pegou o rebote e desperdiçou mandando para fora. Aos 19, foi Davi quem fez bela jogada e chutou na saída da goleiro – a bola passou muito perto da trave. Já nos acréscimos, o Santa Cruz teve boa chance no ataque, com Anderson Aquino recebendo lançamento na área e deixando João Paulo na cara do gol, mas a arbitragem sinalizou impedimento e parou o lance.