Vitória é goleado por 4 a 0 pelo América-MG

Apesar da derrota, Leão continua em 3º na tabela da Série B (Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Apesar da derrota, Leão continua em 3º na tabela da Série B (Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo)
Apesar da derrota, Leão continua em 3º na tabela da Série B (Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo)

O Vitória não conseguiu superar o América-MG fora de casa e foi goleado por 4 a 0, na noite desta terça-feira (10), no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG). Com dois gols marcados em cada tempo, o time comandado por Givanildo Oliveira chegou aos 63 pontos e encaminhou sua classificação à Série A. Já o Vitória segue na mesma posição, com 60 pontos, a cinco do primeiro time fora do G-4. Na próxima rodada, o Leão joga em casa contra o Ceará, às 16h30 (horário da Bahia). Já o Coelho sai para Curitiba (PR) e enfrenta o Paraná, às 20h (horário local), no estádio Durival Britto.

As equipes iniciaram a partida tentando chegar ao ataque nos minutos iniciais. Logo aos 3 minutos, o Vitória chegou com perigo ao gol de João Ricardo. Após bom passe de Vander, o Diego Renan chutou forte e bola passou muito perto. Aos 5min, o América-MG respondeu com Richarlison, que deu lindo um chapéu em Guilherme Mattis e tentou outro em sequência, mas a zaga se recuperou antes da finalização. Mas, aos 16 minutos, Marcelo Toscano tocou para Diego Lorenzi fazer 1 a 0. Aos 37min, Rhayner, que já havia levado cartão amarelo, recebeu a segunda advertência após um carrinho por trás e foi expulso.

Nos minutos finais da primeira etapa o América-MG ampliou. Aos 45min, Marcelo Toscano recebeu em profundidade, na esquerda, e mandou um chute forte: 2 a 0. No segundo tempo, o técnico Vagner Mancini resolver mexer na equipe e colcou Jorge Wagner no lugar de Pedro Ken, na tentativa de organizar o meio de campo. Apesar da mudança, a chance mais clara do rubro-negro só aconteceu aos 21 minutos. Em cobrança de falta, Jorge Wagner levantou a bola na área e o zagueiro Guilherme Mattis cabeceou pela linha de fundo. O Coelho manteve seu ritmo e, aos 30 minutos, Richarlison aumentou a vantagem para os mineiros. Três minutos depois, novamente Marcelo Toscano tocou para Pablo fechar a goleada: 4 a 0 e fim de papo. (Fonte: A Tarde)