Vitória fica no zero com CRB

Vitória chegou com perigo com Vander, que fez grande jogada, mas não conseguiu bater a gol. (Foto: Reprodução)
Vitória chegou com perigo com Vander, que fez grande jogada, mas não conseguiu bater a gol. (Foto: Reprodução)

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Vitória chegou com perigo com Vander, que fez grande jogada, mas não conseguiu bater a gol. (Foto: Reprodução)
Vitória chegou com perigo com Vander, que fez grande jogada, mas não conseguiu bater a gol. (Foto: Reprodução)

Em partida realizada, neste sábado (24), a equipe do Vitória empatou em 0 a 0 com o CRB, no Rei Pelé, em Maceió, agora, cinco pontos separam o rubro-negro na ponta da tabela (62 a 57). Apesar do placar zerado, o duelo entre nordestinos foi de muita movimentação e chances para ambos os lados. As melhores foram criadas pelo time da casa, que pecava nas finalizações e eram frequentemente flagrados em impedimento. O empate mantém o CRB em 11º, com 44 pontos, sem grandes espirações no campeonato. Na próxima rodada, o Galo da Pajuçara visita o Paysandu, no Mangueirão. Já o Vitória recebe o Náutico no Barradão.

Apesar da necessidade do triunfo, o Vitória não se encontrou em campo na primeira etapa e foi pressionado na maior parte do tempo. Contando com o apoio da torcida, o CRB atacava com ímpeto, mas a bandeirinha do árbitro assistente freou diversas chances de abrir o placar. Aos sete minutos, Josa recebeu lançamento de Clebinho dentro da área e bateu em cima de Gatito. O volante, no entanto, estava em impedimento. Mesma situaç]ão de Zé Carlos, aos 16 minutos, que também recebeu livre dentro da área e foi flagrado em posição ilegal.

O artilheiro da Série B voltou a levar perigo ao gol baiano aos 20 minutos, após fazer bela jogada individual e ser travado no momento de finalizar. A resposta do Vitória veio aos 29: Escudero cruzou na área e Elton tocou de cabeça para grande defesa de Júlio César. Antes do fim da primeira etapa, problemas físicos tirariam dois jogadores do CRB da partida: Josa e Somália. Em seus lugares, entraram Glaydson Almeida e Leandro Brasília.

O segundo tempo foi de muito equilíbrio. O Vitória chegou com perigo aos 15, com Vander, que fez grande jogada, mas não conseguiu bater a gol. A resposta do CRB veio no minuto seguinte: Zé Carlos recebeu na área e parou na boa saída de Gatito Fernandez para abafar. Aos 19, mais uma grande chance para o Vitória. Desta vez, Elton aproveitou cobrança de falta de Escudero e cabeceou sem direção. O Rubro-Negro era melhor na partida e, pouco depois, David chutou cruzado com muito perigo, mas a bola foi para a linha de fundo.

O CRB voltou a levar perigo aos 27 minutos. Zé Carlos tocou para Leandro Brasília na área. Livre de marcação, o meia bateu de primeira para fora, perdendo uma grande oportunidade. Quem também perdeu um gol incrível foi o meia Maxwell, aos 35, depois de receber passe de Magrão. O Galo da Pajuçara ensaiou uma pressão nos minutos finais. Aos 43, Zé Carlos bateu de fora da área e assustou o goleiro Gatito Fernández, mas a bola foi para fora.

 

 

(Com informações Gazeta Esportiva)