Napoleão Fonyat Filho | Foto: Divulgação

O empresário e advogado Napoleão Fonyat Filho, acusado de sonegar R$ 3,8 milhões do fisco baiano, foi preso no Rio de Janeiro na quarta-feira (12). Ele estava foragido desde o ano de 2017, quando o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf), do Ministério Público da Bahia (MP-BA), requereu a sua prisão.


LEIA MAIS

Foto: Reprodução

Um homem e uma mulher ficaram feridos após um capotamento na BR-330, no município de Ipiaú (a 360 quilômetros de Salvador). O acidente ocorreu por volta das 12h deste sábado, 15.

Ana Vitória Regina Guedes e Charley Bicalho Xavier foram socorridos por pessoas que passam pelo local após o carro SUV modelo RAV4 ficar destruído. O veículo virou diversas vezes em uma ribanceira.


LEIA MAIS

Droga foi apreendida com idoso no aeroporto de Salvador (Foto: Divulgação/Receita Federal)

Um idoso de 62 anos foi preso no fim da noite de sexta-feira (14), após desembarcar no aeroporto de Salvador com 4,69kg de skunk, espécie de maconha que possui maior concentração de substâncias psicoativas, escondidos na bagagem.

De acordo com informações da Receita Federal, o homem, que mora no Rio de Janeiro, saiu de Amsterdã, na Holanda, e chegou em um voo procedente de Lisboa. De Salvador, ele iria embarcar para o Rio de Janeiro.


LEIA MAIS

Um pacote grande de pipoca salgada (cerca de 250g) pode ter aproximadamente 5g de sal – quase o total da quantidade diária recomendada (Getty Images)

Um pacote grande de pipoca salgada (cerca de 250g) pode ter aproximadamente 5g de sal – quase o total da quantidade diária recomendada

No ano passado, um vídeo do chef turco Nusret Gökçe temperando sedutoramente um bife com uma pitada de sal gerou milhões de visualizações na internet e rendeu a ele o apelido de “salt bae” (namorado do sal, em tradução literal). Mas não foi apenas o gesto peculiar dele que chamou a atenção.

Somos obcecados por sal – apesar das advertências, consumimos em excesso e colocamos a saúde em risco nesse processo. Mas um contra-argumento está ganhando força, lançando dúvidas sobre décadas de pesquisas e levantando questionamentos ainda sem resposta sobre nosso tempero favorito.


LEIA MAIS

O caixa eletrônico de um correspondente bancário foi explodido na madrugada deste sábado (15), na cidade de Porto Seguro, extremo sul da Bahia. Ninguém foi ferido na ação.

De acordo com informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 4h30, na rua principal do bairro Baianão. O estabelecimento onde estava o caixa ficou completamente destruído por conta da explosão.


LEIA MAIS

Foto: Elaine Patricia Cruz/Agência Brasil

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse hoje que fraudes ocorridas no passado na lei de incentivo à cultura, mais conhecida como Lei Rouanet, jamais aconteceriam novamente porque o Ministério da Cultura adotou medidas que facilitam a identificação de irregularidades. O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo encaminhou nesta quinta-feira (13) à Justiça Federal 27 denúncias contra diretores de empresas e instituições que participaram de um esquema de fraudes à Lei Rouanet.

“Posso assegurar que, com todas as medidas que nós tomamos no âmbito do Ministério da Cultura, de melhoria de gestão, de melhoria de normatização e outros, esse caso jamais aconteceria hoje porque, caso alguém tentasse fraudar dessa maneira a lei federal de incentivo à cultura, isso seria identificado imediatamente e a fraude seria coibida no ato”, afirmou o ministro. “Fraudes como as que foram verificadas no passado hoje seriam impossíveis de acontecer”, ressaltou.


LEIA MAIS

Foto: Reprodução

A venda de etanol hidratado – álcool combustível – direta do produtor para os postos de combustível ajudaria a baratear os combustíveis e a aumentar a concorrência com a gasolina nos veículos de motor flex (que funcionam com os dois tipos de combustível). A conclusão consta de relatório divulgado nesta sexta-feira (14) pelo Ministério da Fazenda, que defendeu mudanças nas normas da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e na legislação tributária para aumentar a liberdade no mercado de combustíveis.

Divulgado pela Secretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria (Sefel), o documento ressalta que o mercado de distribuição de etanol, para quem os produtores são obrigados a vender o combustível, é concentrado. Segundo o relatório, três grandes empresas controlam 55% da distribuição de álcool hidratado no país. O texto não sugere mudanças na comercialização do álcool anidro, misturado à gasolina, que continuaria a ser realizada pelas distribuidoras.


LEIA MAIS

O mais de 300 delegados iriam entregar os cargos por não concordarem com medida do projeto de reforma administrativa (Foto: Jeferson Peixoto/ADPEB)

Após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (14), os delegados de polícia da Bahia decidiram suspender a entrega dos cargos anunciada na terça-feira (11). O mais de 300 delegados iriam entregar os cargos por não concordarem com medida do projeto de reforma administrativa, proposto pelo governo do estado, que fixa os ganhos do governador, que é de R$ 22 mil, como o teto salarial para todos os servidores do estado. De acordo com o presidente da Sindicato dos Delegados de Polícia da Bahia (ADPEB), Fábio Lordello, a decisão tomada na assembleia desta sexta é um voto de confiança na negociação entre o governo do estado e o delegado-geral da Polícia Civil, Bernadino Brito Filho. Segundo o delegado-geral, na negociação foi apresentada uma nova proposta de texto à emenda constitucional que trata sobre o teto salarial. Esse texto diz que, para os delegados diretores da Polícia Civil, o teto salarial seria o dos desembargadores do poder judiciário. O presidente da ADPEB destacou que a assembleia permanente da categoria continua, e que ela só será suspensa depois que eles tiverem acesso à redação da nova proposta.

O MP-GO e Polícia Civil investigam, de forma independente, a suspeita de crimes sexuais praticadas pelo médium. (Foto: Michael Melo/Metrópoles)

A Justiça de Goiás determinou, nesta sexta-feira (14), a prisão preventiva de João de Deus, suspeito de praticar abusos sexuais durante tratamentos espirituais, em Abadiânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. A informação foi confirmada à TV Anhanguera pelo secretário de Segurança Pública de Goiás, Irapuan Costa Júnior.

Um dos advogados que compõem a defesa de João de Deus, Thales Jayme disse que foi informado sobre o mandado de prisão, mas não tinha recebido o documento até as 12h30. Ele declarou também que não conseguiu falar com médium nesta manhã. “Nós recebemos um contato informando que havia um decreto de prisão, para tratarmos uma forma do João se apresentar de uma forma menos traumática e que ele esteja em segurança. A minha opinião é a de que ele se apresente”, disse o advogado.

Por sua vez, o advogado Hélio Braga, que também integra a defesa do médium, ressaltou que o cliente é inocente. “Nós enquanto defesa, continuamos contestando com veemência todas as acusações. Não acreditávamos na decisão nesse sentido, perante a total falta de provas”, declarou.

Em nota, o advogado Alberto Toron informou que ainda não conseguiu ter acesso aos depoimentos das mulheres e nem ao pedido de prisão preventiva contra o médium. “É inaceitavel a utilização de pretextos e artifícios para se impedir o exercício da defesa”, diz o comunicado (Leia a íntegra no final da reportagem).

Em nota, a Polícia Civil informou que “se empenha em dar cumprimento à referida determinação judicial”.

O jornal “O Globo”, a TV Globo e o G1 têm publicado nos últimos dias relatos de dezenas de mulheres que se sentiram abusadas sexualmente pelo médium. Não se trata de questionar os métodos de cura de João de Deus ou a fé de milhares de pessoas que o procuram. O MP-GO e Polícia Civil investigam, de forma independente, a suspeita de crimes sexuais desde segunda-feira (10), depois que o programa Conversa com Bial divulgou o relato de 10 mulheres que disseram ter sido abusadas sexualmente pelo médium.

A polícia informou que, até quinta-feira (14), recebeu 14 denúncias formais contra João de Deus, sendo que 13 mulheres já foram ouvidas. Já o MP-GO contabiliza o contato de mais de 300 pessoas.

O tema “A Paz” foi escolhido, por conta da onda de violência que atinge o mundo. (Foto: correio24horas.com.br)

A tradicional Lavagem do Bonfim, que em 2019 será realizada em 17 de janeiro, terá como tema “A Paz”. O padre Edson Menezes, reitor da Igreja do Bonfim, revelou que, durante a procissão, uma bandeira branca gigante será conduzida pelos fiéis até a Igreja do Bonfim.

“Iremos conduzir, da basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia até aqui, uma bandeira entre 80 metros e 100 metros. Uma bandeira branca, pedindo paz para a cidade de Salvador, paz para as famílias, paz para o Brasil e paz para o mundo”, disse o padre.

Ainda segundo o reitor da Igreja do Bonfim, o tema “A Paz” foi escolhido, por conta da onda de violência que atinge o mundo. “Nós queremos pedir ao Senhor do Bonfim paz, porque ele, Jesus, é a nossa verdadeira paz. Então, a partir de hoje, nós estamos realizando uma jornada de oração pela paz”, contou padre Edson.

O novenário para Senhor do Bonfim será realizado de 10 a 19 de janeiro. Ele é interrompido apenas no dia 17, dia da lavagem. Já a festa do Bonfim acontece no dia 20 de janeiro. A novidade para 2019 é a missa campal, que desta vez será realizada às 7h30.

Unit´