Capitão da Polícia Militar se recusa a usar máscara em abordagem e recebe multa de R$ 300

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Um capitão da Polícia Militar foi multado em R$ 300 após se recusar a usar máscara de proteção enquanto caminhava pela praia de Santos, no litoral de São Paulo. O oficial foi abordado por guardas civis municipais, e a Polícia Militar também precisou ser acionada para reforçar a ação, já que o agente se recusava a passar seus dados para a elaboração da multa.

De acordo com a Associação dos Guardas Civis Municipais da Baixada Santista, o militar teria ofendido os guardas que o abordaram. O capitão só se identificou depois da chegada de uma viatura da Polícia Militar.
O policial foi multado no valor de R$ 300. Segundo a Prefeitura de Santos, a autuação só é aplicada quando o morador ou turista não tem a máscara consigo, ou se recusa a usá-la.

“É lamentável esse tipo de postura de um capitão da Polícia Militar em descumprir a legislação, e ainda desrespeitar a autoridade de um guarda civil municipal no seu estrito cumprimento do dever legal”, dizia o comunicado da Associação dos Guardas Civis Municipais da Baixada Santista.