Curso de Explosivista capacita policiais militares do Bope

Curso deve ser concluído no dia 6 de novembro. Foto: Ascom/PMBA.
Curso deve ser concluído no dia 6 de novembro. Foto: Ascom/PMBA.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Curso deve ser concluído no dia 6 de novembro. Foto: Ascom/PMBA.
Aulas devem ser concluídas no dia 6 de novembro. Foto: Ascom/PMBA.

Conhecer, neutralizar e remover qualquer tipo de explosivo de baixa ou alta periculosidade. Para isso estarão capacitados os policiais militares ao concluírem a participação no curso de Explosivista Técnico Policial que o Batalhão de Operações Policiais Militares (Bope) está promovendo em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador. São 300 horas de instruções e, com aulas teóricas e práticas, que exigem da turma agilidade e precisão nas ocorrências que utilizam artefatos, agentes químicos e radiológicos.

Depois da exposição teórica dos diversos tipos de explosivos, a turma composta por 18 policiais militares dos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pará, Rondônia e Paraíba se deslocam para o terreno, onde diferentes cenários oferecem condições para colocar em prática as simulações de identificação e manuseio dos explosivos. No local, acompanhados por instrutores, os alunos realizam demolições, brechas e extração de obstáculos, ações usadas para facilitar o acesso dos PMs durante a atividade policial.

A conclusão do curso está prevista para o dia 6 de novembro, na sede do Bope, em Lauro de Freitas, onde serão entregues os certificados aos novos policiais militares explosivistas. “Não podemos ter dúvida, pois quando lidamos com explosivos só se erra uma vez”, enfatizou um dos instrutores do curso, capitão Érico.

Com informações da Secom/BA.