Duplicação da BR-101 não sai das placas

Foto: Divulgação

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ainda não passou de placas e promessas a duplicação da BR-101 na Bahia, no trecho entre a divisa com Sergipe a BR-324, nas proximidades de Feira de Santana, segundo observação do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). Ao contrário, a estrada está é oferecendo mais perigo aos motoristas, por causa de buracos. “Em outros estados do Norte e Nordeste, a BR-101 já foi duplicada, mas na Bahia nada acontece. É uma obra importante, bem feita, porque está sendo feita em concreto, mas o desprezo pelo nosso Estado é inexplicável”, salienta o deputado. Carlos Geilson reclama que o estado da rodovia, nesse trecho da BR-324 até a divisa com Sergipe, está ficando cada vez mais crítico. “Há muitos buracos e o movimento é intenso, principalmente de veículos pesados, o que significa mais perigo para todos os motoristas”, afirma. “Só entre a BR-324 a Alagoinhas, há duas placas falando da duplicação da obra, com licitação feita, valores etc. Vamos torcer para que comece logo e, em pouco, tenhamos uma rodovia condizente com o grande tráfego que ela tem hoje, principalmente com mais segurança”, apela o deputado feirense.