Juiz proíbe participação de menores no Lelefest Vip

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Acatando o pedido Ministério Público, o juiz Fabio Falcão, titular da Vara da Infância e Juventude de Alagoinhas, decidiu pela proibição de menores de 18 anos, ainda que acompanhados de pais ou responsáveis, no Lelefest Vip que acontecerá na cidade neste domingo (17).

O Ministério Público alega que os organizadores do evento não buscaram previamente as autorizações legais cabíveis e não comprovaram atender aos requisitos de regularidade e segurança necessários. Alega ainda ter sido divulgado na cidade, ‘de forma ostensiva, que do mencionado evento poderão participar adolescente a partir dos 14 anos de idade e que o mesmo conta com serviço “open bar”’, diz o pedido do Ministério Público.

A cada menor que for pego dentro do clube, os organizadores do evento pagarão multa de vinte mil reais.

O Lelefest Vip será realizado no Clube Mega Fest e tem como atrações Ed City, Bailão do Robssão, Igor kannário e outras bandas.

A alegação do Ministério Público também vê a participação do cantor Igor Kannário no evento como fator desaconselhável para a presença de menores. “Uma das atrações ampla e festejadamente anunciada, o cantor Igor Kannário, apresenta histórico de envolvimento com o tráfico de drogas, que a sua apresentação é marcada por violência generalizada, havendo registro de homicídios, sendo, portanto, desaconselhável a participação de menores nas apresentações do mesmo”, diz o pedido do MP.

O processo pode ser consultado através do número 0302012-62.2015.8.05.0004