Empreendimento é suspeito de vender área da Chesf

EUNAPOLIS

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
(Foto: Reprodução / R7)
Cliente acredita que a empresa já havia tomado conhecimento de que a área pertencia à Chesf (Foto: Reprodução / R7)

Uma empresa foi acusada por clientes de vender terrenos localizados em área destinada à implantação de duas linhas de transmissão da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) em Eunápolis, no extremo sul do estado.

Segundo o site Radar 64, a DeltaVille Empreendimentos Imobiliários é a responsável pela comercialização do loteamento Delta Park Eunápolis, na BR-367. A área teria sido desapropriada pela União para fins de utilidade pública antes da comercialização dos lotes, em abril de 2012.

Uma das clientes disse que “tudo leva a crer em má fé da urbanizadora, porque o alvará de construção, autorizado pela secretaria de Infraestrutura de Eunápolis, foi publicado no dia 03 de maio de 2012, logo após a desapropriação”.

Essa cliente acredita que a empresa já havia tomado conhecimento de que a área pertencia à Chesf. Um outro comprador também reclamou que a empresa não teria concluído o serviço de urbanização do local. “Trinta e dois meses após o lançamento, o bairro não dispõe de serviços de abastecimento de água nem distribuição de energia”, denunciou.

Ao Radar 64, o secretário de Infraestrutura de Eunápolis, José Carlos Cruz, informou que os clientes que se dizem lesados devem encaminhar denúncia e que “vários lotes da empresa ficam impedidos de serem comercializados como garantia de cumprimento das cláusulas de urbanização”.

 

Foto de capa: www.radar64.com.br