Guillain-Barré faz uma vítima fatal na Bahia

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

A Síndrome de Guillain-Barré fez sua primeira vítima fatal na Bahia. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta quarta-feira (7). O nome da vítima não divulgado.

A Síndrome Guillain-Barré é uma doença neurológica que não tem causa definida, mas pode ser associada a doenças virais, como o Zika Vírus. A síndrome causa fraquezas ascendentes, paralisia flácida, mas a doença pode agravar até causar paralisia na musculatura respiratória.

De maio até esta quarta, a secretaria registrou 55 casos confirmados de Guillain-Barré na Bahia. O primeiro óbito confirmado foi notificado à Vigilância Epidemiológica Estadual no dia 12 de junho. De acordo com a Sesab, uma outra morte foi registrada, mas ainda não há confirmação de que esteja relacionada com a doença.

A Sesab informa ainda que 12 desses pacientes foram internados no Hospital Geral Couto Maia, em Salvador. Os demais casos foram registrados pela secretaria, mas estão sendo atendidos pela rede particular.