Homem é preso por exercício ilegal da profissão de dentista

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
(Foto: Reptodução / Uol)
O falso dentista responderá pelo exercício ilegal da profissão (Foto: Reptodução / Uol)

Na manhã deste sábado (1º), o Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA) em parceria com a Polícia Militar prendeu em flagrante, um homem que atuava como falso dentista na cidade de Ibititá, na região de Irecê. Aderbal Souza Pereira, de 67 anos, confessou exercer ilegalmente a profissão há 46 anos, realizando extrações dentárias. Aderbal e um paciente foram conduzidos pelos policiais à delegacia de Irecê. De acordo com a presidente da Comissão de Fiscalização do CRO-BA, Viviane Sarmento, o falso dentista responderá pelo exercício ilegal da profissão e, caso condenado, pode ser penalizado com seis meses a dois anos de prisão.