“Imprudente ficar agora discutindo eleição de prefeito”, afirma Zé Neto em entrevista.

Foto: Ascom/Deputado Zé Neto.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Foto: Ascom/Deputado Zé Neto.
Foto: Ascom/Deputado Zé Neto.

Programadas para o próximo ano, as eleições municipais já estão movimentando os bastidores da política em Feira de Santana. O assunto foi abordado no Jornal Transamérica pelo radialista Carlos Geilson em entrevista nesta segunda-feira (18) com o líder do governo na Assembleia Legislativa (AL), deputado Zé Neto (PT). Questionado sobre ser candidato à Prefeitura Municipal e reforma política, o entrevistado foi categórico. “Eu acho imprudente ficar agora discutindo eleição de prefeito. Meu posicionamento é ter eleição a cada cinco anos de vereador à presidente, aí você tem tempo de encaminhar um projeto e ter um processamento do conjunto de ideias”, afirma.

Sobre as possíveis brigas com correligionários, a exemplo do ex-deputado federal Sérgio Carneiro, o governista, em tom descontraído, disse não ter brigado com ninguém. A manifestação dos terceirizados da educação, programada para hoje na cidade, também esteve na pauta. Os manifestantes alegam que estão há cinco meses sem receber vale transporte e há dois meses sem salários. Zé Neto pontuou que, “segundo a Secretaria de Educação, na última sexta-feira parte desses pagamentos foram executados. O governo tem pago às empresas e elas não têm tido lastro de manter os pagamentos. As empresas com esses problemas já estão sendo todas retiradas. Já vai ter licitação normalmente. Precisa modificar logo a Lei Anticalote para facilitar a mudança da empresa quando houver atrasos de pagamentos”.

A respeito do atraso em entregar a reforma no Conjunto Penal de Feira de Santana, o entrevistado disse que houve um problema administrativo, mas está se avançando. As questões que envolvem o aeroporto João Durval Carneiro também foram abordadas. “Feira de Santana não perdeu o voo Feira – Campinas, ele apenas deixou de ser direto e agora vai passar por Belo Horizonte. A Azul ainda não teve lucro com os voos daqui, que estão com preços reduzidos. Ela tem 85% de frequência no voo, mas quando coloca o preço normal, cai a frequência. O aeroporto foi planejado para receber voos menores até 2016, então a pista não precisaria ser modificada. Mas evoluímos para voos a jato, que precisa de pista com cabeceira maior. O projeto já está indo para análise. A previsão é que tivesse voos noturnos só a partir do meio do ano que vem, mas até quarta-feira sai a homologação do voo noturno, que possibilitara o voo direto para Campinas”, frisa Zé Neto.

Atendendo a uma solicitação dos ouvintes, Carlos Geilson questionou se todos os 5.700 candidatos habilitados no concurso da Policia Militar (PM) em 2012 serão convocados. “Eles serão gradativamente chamados. Os cursos estão sendo realizados. O que se reclama também é a ampliação desse chamamento. O edital tinha previsão de chamar 2.000 e encerrar a validade do concurso em julho do ano passado. Nós já chegamos a 5.700. A previsão é que tenhamos um novo concurso do ano que vem em diante”, declara o governista.