Israel detecta caso de mutação da variante Delta do coronavírus em menino de 11 anos

Foto : Peter Ilicciev/Fiocruz
Foto : Peter Ilicciev/Fiocruz

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Um caso de mutação da variante Delta do coronavírus foi identificada pelo Ministério da Saúde de Israel. Países europeus, como o Reino Unido, também já detectaram a cepa. A informação foi divulgada pelo ministério em um comunicado. A cepa está sendo chamada de “AY4.2.

De acordo com o G1, a mutação foi detectada em um paciente de 11 anos que viajou à Europa, e o caso foi identificado no aeroporto Ben Gurion, na capital Tel Aviv. A criança foi colocada em quarentena e, até o momento, não foi detectado nenhum caso de contato.

Especialistas da University College de Londres, em entrevista à France Presse, sinalizam que mutação é rara e não parece representar o mesmo risco que outras cepas, que se revelaram muito contagiosas. Até o momento, a AY4.2 não é considerada uma variante de preocupação global nem uma variante de atenção pela OMS (Organização Mundial da Saúde).