Matador é preso em Feira

Foto: Reprodução/Correio do Estado
Foto: Reprodução/Correio do Estado

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Aldo Berto Castro, 30 anos, foi preso nesta quarta-feira (8) em Feira de Santana. Acusado de ser mandante de mais de 50 assassinatos na região de Guanambi, sudoeste da Bahia, Aldo foi preso no bairro Panorama, onde alugou um imóvel há cerca de dois meses.

Preso em Feira de Santana, Aldo Berto Castro é acusado de ser mandante de mais de 50 assassinatos na região de Guanambi. Fotos: Polícia Civil.
Preso em Feira de Santana, Aldo Berto Castro é acusado de ser mandante de mais de 50 assassinatos na região de Guanambi. Foto: Polícia Civil.

De acordo com o coordenador regional da Polícia Civil de Feira de Santana, João Rodrigo Uzzum, a operação foi coordenada por policiais civis de Guanambi, com participação de agentes de Feira de Santana.

“Esse homem é comandante de uma organização criminosa que pratica tráfico de drogas e comanda os assassinatos na região de Guanambi. As mortes foram em decorrência da disputa pelo tráfico ou por causa de dívidas envolvendo drogas”, disse o delegado ao site De Olho na Cidade.

Operação Beija Flor II

A prisão de Aldo Berto é resultado da operação Beija Flor II, deflagrada pela Polícia Civil, que também resultou na prisão de João Marcos Teobaldo Santana, conhecido como “Serginho Pitbull”, Caio Vinícius Fogaça das Neves e Renato Bispo do Carmo Júnior, chamado de “Bico”. Eles são acusados de matar uma mulher grávida a mando de Aldo Berto, por conta de uma disputa por tráfico de drogas. Um menor de 16 anos também foi preso na operação em Ganambi.

Três homens e um menor de 16 anos também foram presos em Gaunambi. Fotos: Polícia Civil.
Três homens e um menor de 16 anos também foram presos em Gaunambi. Foto: Polícia Civil.