15 campus do IFBA estão em greve

Foto - Reprodução - Google Street View

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Os servidores de 15 campus do Instituto Federal da Bahia (IFBA) paralisaram suas atividades desde o dia 13 de abril. Outros dois campus estão em greve parcial e um em estado de greve, de acordo com o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica da Bahia (SINASEFE-IFBA).

“A greve é motivada pelo autoritarismo que vem sendo imposto nos campus pela Reitoria e pelo Colégio de Dirigentes que tem tomado atitudes antidemocráticas e vem desrespeitando o direito dos trabalhadores”, disse o sindicato em nota enviada à imprensa.

Os grevistas lutam “pelo fim das perseguições políticas através de Processos Administrativos Disciplinares (PADs) e outros mecanismos; por melhor infraestrutura nos Campus; por uma gestão democrática e participativa”, entre outras melhorias.

O sindicato informa que na próxima terça-feira (12) os servidores estarão reunidos em Assembleia Geral, na Reitoria do IFBA, às 9h, para discutir os rumos do movimento. Um encontro com o reitor Renato da Anunciação também está previsto para a tarde do mesmo dia com o objetivo negociação da pauta de reivindicações.