Festival de Cinema Baiano homenageará o cineasta Guido Araújo

Legenda foto: Guido Araújo foi o idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia
Legenda foto: Guido Araújo foi o idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Legenda foto: Guido Araújo foi o idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia
Guido Araújo foi o idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia

O diretor baiano Guido Araújo será o grande homenageado do V FECIBA – Festival de Cinema Baiano, que será realizado entre os dias 07 e 13 de junho no Cine Santa Clara, na cidade de Ilhéus (BA). Uma mostra especial composta por filmes dirigidos por ele fará parte da programação do evento.

Além de cineasta, cineclubista, professor e formador de toda uma geração de cineastas baianos, Guido Araújo foi o idealizador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, que teve 39 edições realizadas no estado e se tornou um dos acontecimentos cinematográficos mais importantes do país, dando visibilidade e relevância aos filmes de curta metragem e às produções locais.

A Mostra Homenagem, que será exibida na abertura do V FECIBA, às 19h, será composta por sete documentários dirigidos por Guido Araújo: “Maragogipinho” (1969), “Feira da Banana (1972/73), “A morte das velas do Recôncavo” (1976), “Por exemplo: Caxundé” (1976), “Festa de São João no interior da Bahia” (1977), “Raso da Catarina: Reserva Ecológica” (1984) e “Lambada em Porto Seguro” (1990).

O objetivo da Mostra é também conhecer um pouco mais sobre a Bahia através do olhar de Guido, que construiu com seus filmes um mosaico de paisagens humanas e naturais, revelando os rostos e sons do Brasil mais popular. Ainda como parte das homenagens, será montada uma exposição com os cartazes de da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, que ficará aberta à visitação durante todos os dias do evento, na Fundação Cultural de Ilhéus.