José Ronaldo reforça possibilidade de deixar o DEM

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O ex-prefeito José Ronaldo deu uma grande dica sobre seu futuro político até as eleições de 2022. Em entrevista ao Programa Jornal TransBrasil, com Carlos Geilson, na manhã desta segunda (19), Ronaldo deixou bem aberta a possibilidade da mudança de partido.

Com a experiência acumulada em décadas na comunicação, Geilson extraiu de José Ronaldo praticamente a confirmação de sua mudança de legenda, movimento para possibilitar a entrada na chapa do DEM ao governo do estado – como candidato a vice ou senador.

Perguntado qual seu futuro político Ronaldo cravou o seguinte: “Posso, sim, me filiar a outro partido. Buscar novos horizontes, mas isso depende de muito diálogo”. Na sequência, o ex-prefeito prevê “a pior eleição de todos os tempos em 2022, sem coligação e com a pandemia”.

“Se for necessário mudo, sim. Me dou bem com outros partidos. Não há preferência com este ou aquele partido”, acentua, acrescentando que pode até ser um partido de fora da base em torno do DEM e MDB.

Carlos Geilson conjecturou sobre a possibilidade de José Ronaldo nada disputar em 2022. “O senhor já estaria de pijamas esperando 2024 para se candidatar?”, indagou o radialista-deputado. Ronaldo respondeu: “Não fico de pijamas em casa. No máximo uma bermuda. Minha cabeça está voltada ao projeto de 2022. Acredito muito neste projeto”, salienta Ronaldo.

Por último, Geilson perguntou a Ronaldo sobre o governo Colbert, nestes 100 dias. “Colbert tem se dedicado muito à pandemia. Faz um trabalho muito bom no combate à covid. Tanto é que Feira de Santana tem atuação reconhecida, em revista de circulação nacional, pelo desempenho para salvar vidas”, destaca José Ronaldo.