Justiça mantém absolvição de acusado de estuprar Mariana Ferrer

mariana-ferrer-6f2bb248c96f7137674e32eec53281ad

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) confirmou a decisão de primeiro grau e absolveu o empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a promotora de eventos Mariana Ferrer, segundo a defesa do réu. Três desembargadores participaram da decisão, que foi unânime, ainda de acordo com a defesa. Ainda é possível recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). A defesa de Ferrer afirmou que analisa o recurso. Os desembargadores votaram pela absolvição por falta de provas. O empresário já havia sido absolvido em primeiro grau, em setembro de 2020. Na época, segundo a sentença, não foram apresentadas provas contundentes para sustentar a acusação. O caso teria ocorrido em dezembro de 2018, em um beach club em Jurerê Internacional, em Florianópolis.