Seminário aborda trajetória do Ilê Aiyê

Seminário vai abordar a trajetória do Ilê Aiyê. Foto: Carol Garcia/GOVBA

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Seminário vai abordar a trajetória do Ilê Aiyê. Foto: Carol Garcia/GOVBA
Seminário vai abordar a trajetória do Ilê Aiyê. Foto: Carol Garcia/GOVBA

O Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, vinculado à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), realiza nesta sexta-feira (13), como parte da programação do Novembro Negro, um seminário sobre a trajetória do Ilê Aiyê. A atividade começa às 14h, no próprio equipamento social, localizado na Avenida Sete de Setembro, em Salvador.

O debate terá a participação de Vovô do Ilê (Antônio Carlos dos Santos) e Arisio (Osvalrisio do Espírito Santo), presidente e diretor do bloco afro, respectivamente, além de Arany Santana, que hoje está à frente do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), da Secretaria de Cultura (Secult), mas também fez parte da diretoria da organização.

O objetivo do seminário é apresentar as contribuições do primeiro bloco afro do país, que completou 42 anos de fundação no início deste mês, reconhecendo sua importância para preservação, valorização e expansão da cultura afro-brasileira. O Mais Belo dos Belos, como é conhecido, nasceu no Curuzu, no bairro da Liberdade, e vai homenagear, no próximo Carnaval, o Recôncavo Baiano.