O deputado federal Ronaldo Carletto (PP) apresentou um projeto de lei na Câmara com o objetivo de tornar crime a apologia a práticas sexuais com crianças e adolescentes. De acordo com o deputado, apesar de conter no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) diversos tipos penais, há necessidade de aperfeiçoá-lo quando uma nova prática perniciosa, que mereça tutela penal, começa a ser identificada.

“Temos visto crescerem casos de raps e funks que sexualizam muito cedo as crianças e estimulam adolescentes a adotarem comportamentos sexuais inadequados. Para tanto, propomos este novo tipo no ECA, punindo com pena adequada qualquer apologia a esses atos abomináveis, seja em músicas ou por quaisquer outros meios”, argumentou Ronaldo.

Foto extraída do site http://4.bp.blogspot.com/

O prefeito ACM Neto entrega nesta sexta-feira (03) o novo Mercado Municipal de Periperi. Funcionando sob a coordenação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), o mercado conta com espaço para 218 tendas, 20 boxes, 12 pontos para venda de mariscos e hortifrutigranjeiros, uma lanchonete e seis banheiros – sendo que dois sanitários são reservados exclusivamente para o uso de pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção. Serão comercializados pescados, carnes, flores, embalagens, cereais e artigos religiosos, entre outros produtos.

4O Elevador Lacerda, localizado na Praça Municipal, em Salvador,  fica iluminado de azul este mês de julho. A iniciativa integra a campanha “Coração Azul”, em comemoração ao Dia Internacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, celebrado em 30 de julho.

A prática de iluminar importantes monumentos com a cor azul está difundida no mundo, como forma de chamar a atenção sobre a incidência do crime. O tráfico de pessoas viola a dignidade da pessoa, submete a vítima a condições degradantes de violência e de trabalho, extinguindo sua liberdade e tornando-as mercadorias.

O “Coração Azul” marca a campanha mundial do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), lançada no Brasil em maio de 2013. A ação é uma parceria entre a Superintendência de Políticas para as Mulheres (SPM), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), diferentes órgãos federais e estaduais, além da participação do UNODC.

Com informações do G1.

Começa nesta sexta-feira (3/7) mais uma edição da Liquida Bahia, a maior liquidação do Estado, envolvendo mais de 60 municípios, incluindo Salvador e Região Metropolitana. A Liquida Bahia acontece até o dia 13 deste mês e envolve aproximadamente 10 mil pontos de venda, em lojas de todos os tamanhos, tanto no comércio de rua como nos principais shoppings das cidades participantes. O evento é realizado pela FCDL BA (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia) em parceria com as CDLs dos municípios participantes.

Com a expectativa de movimentar as vendas no período pós festas juninas, a Liquida Bahia traz descontos variáveis, de acordo com as empresas participantes. “Essa variação nos descontos é normal, e sabemos que a concorrência possibilita que haja uma disputa saudável para conquistar o consumidor. O importante é o desconto real que dá credibilidade à promoção e movimenta as vendas”, avalia o presidente da FCDL Bahia, Antoine Tawil.

Foto: Reprodução site Nossa Metrópole

Foto: Reprodução site Nossa Metrópole

Tawil se diz otimista e satisfeito com o resultado do projeto ao longo dos anos. “Essa é a quarta edição da liquidação, que tem o apoio sempre entusiasmado do segmento lojista, principalmente no interior, que vê nessas iniciativas uma resposta criativa e bem-vinda nesse momento delicado da economia brasileira”, afirma.

O presidente da CDL Salvador, Frutos Dias Neto, defende a liquidação e diz que ela agrega ao varejo. “Mais uma vez a CDL Salvador participa desse esforço do varejo baiano para alavancar as vendas num período que normalmente é de baixa. A Liquida Bahia já mostrou que tem força e o respeito da população. Para nós é importante fortalecer iniciativas que permitam ao lojista superar um momento difícil que estamos vivendo. Temos certeza que será mais uma edição de sucesso, com retorno positivo para todos os envolvidos a começar pelo consumidor”, afirma.

Prêmios – Os prêmios desta edição são um carro de luxo – um Honda HR-V –, três carros populares e 10 motocicletas zero quilômetro de 150 cilindradas.

Para concorrer aos prêmios, o consumidor tem direito a um cupom para cada R$ 25 em compras em qualquer das lojas participantes da campanha. Utilizando as máquinas da Rede, para cada R$ 25, o consumidor ganha dois cupons, duplicando suas chances no sorteio dos prêmios.

O sorteio já tem dia e local para acontecer, será dia 7 de agosto, às 17h, na Praça da Piedade, aberto ao público. (CDL)

Servições como emissão de RG e CPF são prestados no local. Foto: jornaldosol.com.br.

Serviços como emissão de RG e CPF são prestados no local. Foto: jornaldosol.com.br.

O SAC Móvel vai estar no município de Governador Mangabeira nesta sexta-feira (3) e sábado (4). O serviço itinerante funcionará das 8h às 18h, na Praça 14 de Março, próximo à Cesta do Povo. No veículo do SAC os moradores poderão emitir carteira de identidade (RG), CPF e certidão negativa de antecedentes criminais. Recadastramento de inativos e pensionistas do Estado e atendimento da Ouvidoria Geral do Estado também serão serviços oferecidos na unidade móvel. A iniciativa, que existe há sete anos, contempla Governador Mangabeira desde a primeira edição. Nesta etapa, o SAC Móvel segue ainda para Muritiba (dias 6 e 7), Maragogipe (9 e 10) e Santiago do Iguape (12 a 19), uma pequena vila de pescadores e agricultores quilombolas no município de Cachoeira.

Com informações do G1.

O Curso Estado de Jornalismo, um dos mais tradicionais programas de treinamento para jovens profissionais do País, está com suas inscrições abertas até o dia 2 de agosto. Conhecido também como Curso Focas do Estadão é o único programa do gênero válido como extensão pela Universidade de Navarra, na Espanha. Em suas 25 edições anteriores, desde 1990, o curso conta com mais de 700 jovens formados. Parte desses profissionais trabalha hoje nas grandes redações do País. O programa tem o patrocínio de Odebrecht e Philip Morris.

Serão selecionados 30 jovens, que terão a oportunidade de aprender na prática nas redações do Grupo Estado e ainda participar de atividades especiais e aulas que complementam sua formação acadêmica. O programa é gratuito e ocorre de 14 de setembro a 11 de dezembro, em São Paulo.

A primeira fase do processo seletivo é on-line e realizada no momento da inscrição, pelo www.estadao.com.br/focas ou no www.vagas.com.br/v1195386, até 2 de agosto. Os candidatos devem incluir currículo e justificativa de interesse e passar por provas de conhecimentos gerais, inglês e português. Podem se inscrever estudantes de último ano de todas as faculdades de jornalismo do Brasil e formados em 2013 e 2014. Até 90 candidatos serão chamados para a segunda fase, com duração de um dia, na sede do Grupo Estado, em São Paulo. A turma com os selecionados será conhecida em 30 de agosto.

Os editores e repórteres do Grupo Estado também participarão de entrevistas organizadas especialmente para o treinamento. Nos anos anteriores, o curso já recebeu os políticos Fernando Henrique Cardoso e Marina Silva, a cientista Mayana Zatz e o escritor Ignácio de Loyola Brandão.

Estão previstos, ainda, treinamentos sobre Reportagem com Auxílio do Computador, com José Roberto de Toledo, e acompanhamento de gastos públicos, com Gil Castello Branco, da ONG Contas Abertas. A parte prática do programa inclui atividades na redação, sempre monitoradas por jornalistas do Grupo Estado, e um projeto jornalístico multiplataforma, produzido pelos alunos e publicado ao fim do curso.

Foto de capa: Blog http://partiuintercambio.org/

O Lowers, projeto baiano formado pela dupla de DJs Matheus Velaz e Felipe Monteiro, é a mais nova atração confirmada no Holi One Salvador, o maior festival de cores do mundo. A badalada festa de música eletrônica acontece na nova área verde do estádio de Pituaçu, no dia 26 de julho, a partir das 14h.

O line-up do evento conta ainda com grandes nomes da cena eletrônica nacional, como Felguk, Life is a Loop, Fabrício Peçanha e Doozie. A produção do festival sugere que o público use roupa branca.

Os ingressos para o primeiro lote do festival custam R$ 60,00 (Arena) e R$ 90,00 (Arena VIP) e podem ser adquiridos nos balcões de vendas Ticketmix.

Lowers Foto: Divulgação

Lowers
Foto: Divulgação

Serviço:
O Quê: Holi One Salvador
Quando: 26 de julho
Atrações: Felguk, Life is a Loop, Fabrício Peçanha, Doozie e Lowers
Horário: 14h
Local: Área Verde Estádio Pituaçu
Classificação: 14 anos
Ingressos do primeiro lote: R$ 60,00 (Arena) e R$ 90,00 (Arena VIP)
Realização: Novo Palco Eventos

Apresentações são realizadas desde os anos 90. Foto: divirta-se.uai.com.br.

Apresentações são realizadas desde os anos 90. Foto: divirta-se.uai.com.br.

A Jam no Museu de Arte Moderna (MAM), projeto realizado no Solar do Unhão desde os anos 90 todo sábado, a partir das 18h, teve mais uma apresentação cancelada por falta de recurso. A apresentação deste sábado (4) está suspensa.

Há uma semana os organizadores já haviam cancelado um outro encontro por conta da suspensão temporária dos recursos da Bahiatursa para a realização do evento. Sem a garantia do valor para pagar os custos relacionados às apresentações, como equipamentos de som, luz, seguranças, brigadistas, monitores de trânsito, banheiros químicos e bancos, a produção decidiu suspender mais uma vez a jam session.

A expectativa da organização é que um patrocínio acordado com uma empresa nacional comece em agosto. A banda base da Jam no MAM conta com alguns dos principais nomes da música instrumental baiana, como Ivan Bastos, Gabi Guedes, Paulo Mutti, Bruno Aranha, Joatan Nascimento e Rowney Scott, e tem a direção artística de Ivan Huol, que também é baterista do grupo.

O grupo apresenta temas de jazz e de música popular brasileira recheados de improvisação. Nos shows, os anfitriões convidam outros músicos para subir ao palco. O valor para conferir a apresentação é de apenas R$ 7 (inteira) e R$ 3,50 (meia).

Com informações do jornal A Tarde.

Irmão Lázaro cantou seus grandes sucessos.

Irmão Lázaro canta seus grandes sucessos.

Milhares de evangélicos levaram cânticos e orações para a avenida Getúlio Vargas, em Feira de Santana, durante a 22ª Marcha para Jesus, realizada na tarde desta quinta-feira (2). O evento, que faz parte do calendário oficial do município, é organizado pelas associações de Ministros Evangélicos de Feira de Santana e de Ministros Evangélicos da Bahia.

A concentração da Marcha para Jesus foi realizada em frente à Igreja Batista Central. Depois, as milhares de pessoas seguiram em direção à rua Olímpio Vital, vizinha ao Centro de Abastecimento, ao som de bandas evangélicas que se apresentaram em dois trios elétricos.

No palco montado no fim do trajeto, a multidão acompanhou shows dos cantores Irmão Lázaro e Fernandinho. Entre os representantes políticos presentes no evento estiveram o prefeito municipal, José Ronaldo de Carvalho, e os deputados estaduais Carlos Geilson, Pastor José de Arimatéia e Zé Neto.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras ouviu nesta quinta-feira (2) o depoimento reservado de dois policiais federais que atuam na Operação Lava Jato. Os parlamentares querem mais informações sobre o episódio da descoberta de uma escuta clandestina na cela do doleiro Alberto Youssef, em Curitiba (PR), divulgado recentemente pela imprensa.

O grampo foi encontrado em 2014 na cela do doleiro Alberto Youssef, um dos principais delatores do esquema investigado na Operação Lava Jato. Em sessão reservada, os deputados estão ouvindo o agente Dalmey Fernando Werlan, suspeito de ter instalado a escuta na cela de Youssef e em uma área usada como fumódromo pelos presos.

De acordo com o deputado Ivan Valente (Psol-SP), Werlan informou que implantou escutas clandestinas na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, a pedido do superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Franco, e dos delegados Igor Romário de Paula e Márcio Anselmo, todos seus superiores. “O que fica claro é que tem muita coisa aí. Não dá pra saber o que é, mas a CPI terá de ouvir os três delegados e confrontar as versões apresentadas hoje”, explicou Ivan Valente. Ele adiantou que protocolará um requerimento convocando os citados.

Segundo Valente, o agente não sabia que estava agindo sem respaldo em decisão judicial. Valente acrescentou que, quando o grampo do fumódromo foi descoberto, os três delegados informaram ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, que era um grampo antigo, implantado com autorização da Justiça na época em que o traficante Fernandinho Beira-Mar estava preso na superintendência. “Foi dada uma informação incorreta ao juiz”, afirmou o deputado.

Após a informação do grampo ilegal, os deputados passaram a temer pela legalidade da operação. “Está claro que há uma implantação ilegal de escuta. Isso é um fato que naturalmente precisa ser investigado”, disse a deputada Eliziane Gama (PPS-MA). “É cedo para avaliar o que isso significa para todo conjunto da investigação da Lava Jato e para dizer se, eventualmente, pode colocar em xeque a operação”, completou.

Os parlamentares também ouviram hoje, em sessão reservada, José Alberto de Freitas Iegas, ex-diretor de Inteligência da PF. Ele foi citado por suposto envolvimento em uma disputa pelo controle da superintendência da PF no Paraná. Os dois policiais são alvo de sindicância interna da PF.

*As informações são da Agência Brasil

Unit´